Calendário

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

12.01.2010 – Terça-feira

Acordo incomodado com a luz do sol. Sol??????? Milagre!!!!!!!!! O Juca já tá todo marrento por ter trazido o sol.

Finalmente um dia com mais fotos que comentários infames. Grande dia.

Mirante da Lagoa



Praia da Barra da Lagoa

Bala! Bala! Bala 7 Belo de tão boa!!! Água translúcida, pouca profundidade, ondas em seqüência e bares na beira do mar. Tudo de bom!!!!







Prainha na Barra da Lagoa


Bala! Bala! Muito bala essa praia. Pequena e charmosa. Pena que tudo que é bom tem que subir morro, ou escada, ou ladeira ...porra, ninguém lembra dos torto ex-manco?






Tinha resolvido não escrever comentários infames neste dia. Em razão do sol, do calor,das ótimas fotos, do dia perfeito sem congestionamentos; porém, em uma análise mais minuciosa das fotos (ócio) não posso deixar para trás alguns comentários, tipo:


O sorriso falso das sogras nesta foto é algo, tu caminha, sua, sobe ladeira, compra picolé pra elas, H2O, queijo, pastel e quando pede um único sorriso leva isso na cara. Deus me livre.


Nessa o Tio (que não sou eu nem o Juca, caso você ache) abanando pra foto rouba a cena. Pergunta: quem é ele? Não sei, mas só pode ser pobre, eles se atraem...



Essa é pro Papai matar a saudade (Santo Photoshop)... assim era antes de eu, a Thais e o Thales destruirmos as mamadeiras do Papi. Hoje eu entendo e peço desculpas pelo estrago.




Aliás, nesse dia, aconteceu uma situação inusitada envolvendo a Dona Graça e uma certa Sunga Branca. Como ela pediu pra não comentarmos nada, se você quiser saber algo pergunta direto pra ela quando voltar.

Abaixo, arte sexual. Um auto-foto e uma que esconde um segredinho... tadinho deu frio.


Que desperdício. Dois Baiacuzinhos mortos. Tanta gente sem poder comer um Baiacuzinho, ainda mais dois, e eles desperdiçando. Que pouca vergonha!!! Obs.: Eu sempre quis experimentar um Baiacuzinho... mas somente do fêmea.

11.01.2010 – Segunda-feira

Praia do Matadeiro

Reza a lenda que os pescadores armavam os barcos contra as baleias na Praia da Armação e as levavam para a Praia do Matadeiro para terminarem o serviço. Para mim, outra versão é mais plausível. Conversando com algumas fontes, ligadas ao serviço de entretenimento, a praia tem esse nome devido aos casais que se deslocavam ao local visando um coito inesquecível (acredito mais nessa versão mais “romântica”).

Praia boa para o Surf (aliás, eu sou o cara dentro d’água – vide foto do dia 05-01), boas vistas na trilha de acesso e um mar geladinho (geladinho foi um termo meio gay, mas é que tava geladinho mesmo). Ah, casais e casais de (como dizer sem parecer preconceituoso?) pessoas do mesmo sexo, mas isso é em toda ilha. Assim como a praga que está arrasando com Florianópolis nessa época do ano, mas isso merece um post especial.




Na foto abaixo, eu estou tentando pegar uma corzinha na minha “pequena” cicatriz. Mas o mais interessante é a Dona Rosa defecando pra foto da filha, para reparar na careca do cidadão que passava, suspirando de saudade pelo seu Giovâni (assim mesmo com acento circunflexo, Meu Deus!, Pobre desde a Certidão de Nascimento). Se prepara sogrão, toma muita gemada e compra uns azul porque o bicho vai pegar!!!!


Obs.: Só para vocês terem uma idéia, na Lan House a sogra 1 mandou a Giulia digitar, para que ninguém ouvisse (tava com vergonha): “tô com saudade de dar uns beijos na tua boca”. Mas Ah!!! Sorte que ninguém ouviu, se não ela ia ficar encabulada.


E sem sol, as pessoas se prestam a todo tipo de idiotice. Abaixo uma plantação da famosa Tortum Pracaralhus Bicuddus, planta extremamente rara, que precisa de muita sombra e água fresca para crescer, nasce somente na Zona Sul da capital gaúcha (não dá em lugar nenhum não, a não ser que a proposta seja muito vantajosa) e encontrada várias vezes ao lado, parasitando, os pezinhos das não menos raras Tattiminúscullus Brabbusprákacettis , planta que precisa de muito carinho e cartão de crédito para florescer (acho que ela não vai gostar deste comentário - coito em risco).




A seguir, cena da Última Novela das Oito: Caminho das Indiada”...



Aí você grita na praia: Quem é 3Ps levanta a mão!!!!! E...

3Ps = Pequeno Pobre Pé-frio


Inadiada2010. Alguém esqueceu esse nome? Eu estava quase esquecendo, “tentando” dormir um pouco, quando descubro mais uma “ótima”. Ao lado do apartamento alugado (mais especificamente na minha janela) existe um grupo, um bando, um bloco, sei lá, um monte de gente batendo uns instrumento, não muito sincronizados. A coisa já tava ruim, até eu levantar e dar de cara com essa cena. Ao som desse ziriguidum as três patetas “dançavam” descoordenadamente. Mamãe parecia fazer aula de hidroginástica, a Giulia dançava acho que alguma coisa parecida com Axé e a Dona Rosa se fazendo de Porta-Estandarte de Muamba dançando algo parecido com samba. Imagina, você acorda e dá de cara com isto. Sorte que não havia nenhum objeto cortante ao meu alcance.



Acabo de resgatar o último anão (temporário) que faltava, tô me sentindo a Branca de Neve menos 2 (o Dunga tá na seleção e o Zangado (Dona Norcy) em Porto Alegre). Time completo.


A noite chega. Eu não ia postar essas fotos, mas me dei conta de como esses pobre são feio comendo.

Olha a camisetinha GLS do Juca...


A mãe não pára de falar nem pra comer, muito menos pra tirar foto... Dá pra ver o peixe se debatendo lá dentro. Que nojo!!



O Juca estranho e a Tati com cara de Bebum, meio Costinha...



A coisa tá feia pro Juca, os últimos temporais no RS destelharam legal...



Veja a Dona Rosa SECANDO meu pedaço de peixe (o último). Deplorável.






10.01.2010 – Domingo

Alguém adivinha como começou o Domingo????????

Nublado tendendo a chuva, mas ah!!!!!!!

começando a me sentir o Chevy Chase em Férias Frustradas (clássico da sessão da tarde).



Mesmo assim com as pobre de POA não tem ruim, é água até murchar as coxas (porque os dedo pra elas é fichinha)!!!!

Abaixo você tem o prazer de presenciar o início de uma nova profissão, patenteada por mamãe, totalmente inovadora: SOMMELIER DOS MARES – agora ela está provando a água de cada praia que nós vamos, controlando a salinidade, o gosto e o nível de coliformes fecais, aproveitando também pra se manter hidratada. A Giulia agora canta pra ela: “Vamo se emboraaaaa, pro MAAAAAAAAAAARRRR!!!!!!!!!! Beber, cair e levantar!! Beber, cair e levantar!!. Beber, cair e levantar!!. Beber, cair e levantar!!”.



A verdade é que ela fala tanto, mais tanto, que até pra furar onda ela quer furar falando. Aí não dá. Triste de ver.

O tempo começou a fechar. Tudo indicava que o Domingo ia pro brejo. Foi aí que o inesperado aconteceu.

Ele apareceu....

Com seu brilho intenso, redondo e cheio de vida.

Você deve estar pensando o Sol chegou. NÂOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!

Foi o Tio Vilson que chegou pra salvar o dia, porque o céu já tava caindo!!!! (Você esqueceu que era uma indiada, e o sol, não foi convidado). Aliás, o Tio Vilson e a Tia Graça são muito gente boa, tudo de bom, melhor impossível.

Fomos ao Espetinho de Ouro no Continente. Fica aqui a dica: Camarão com CatupiryDu Caral... Muito bom!!! Melhor que no BOKAS e com um Buffet de primeira.Vale a pena conferir...

Você deve estar se perguntando por que não tem fotos. Ora. Três e meia da tarde, praia com chuva, uma fome do cão e uma comida maravilhosa. Defequei pra câmera digital (porque Caguei é chulo).


Praia dos Coqueiros


Cheios até os gargumilho, fomos conduzidos pelo tio até a praia de Coqueiros no Continente.

Belo lugar pra tomar uma cerveja (no meu caso uma Coca-light). Cheia de PEDRAS – tem uns parceiro que não iam querer sair de lá – a praia é cheia de charme.







Não se espante com a próxima foto. A foto não é rasteira, nem eu coloquei a máquina no chão. É que quem bateu a foto foi a irmã da Tati, e sabe com é, altura não é com elas. Todas abatumaram naquela casa (seu Giovani tinha a mania de abrir o forno antes de tá pronto).


Você deve estar pensando: “como ele é exagerado, elas nem são tão baixas assim”. Abaixo a prova.

Dei zoom máximo (10X), cheguei mais perto, aproximei, e elas ainda parecem pequeninos duendes na mata. Confesso que às vezes me sinto um AVATAR ao lado delas, quem olha pro carro pensa que eu tô levando quatro crianças pra passear (amanhã chega o Juca, aí vão ser cinco).



Essas eu vou ter que publicar. Você já olhou abaixo e deve estar pensando: “o torto bateu com a cabeça, ou a anestesia fez mal, a operação afetou a cabeça...” afinal, porque eu iria postar duas fotos do meu nariz (praticamente).

A questão é que eu pedi para a minha PERSONALFOTOGRAFEITOREAPAGUEITOR Tabajara pra tirar a minha foto com a bela paisagem ao fundo. Não se iluda, não são duas fotos em seqüência. Ela conseguiu a proeza de tirar duas fotos de DUAS PARADAS DE ÔNIBUS diferentes ao fundo. Óbvio que eu desisti da bendita foto. Dai-me paciência.



Olha como o tempo tava legal!!! (Leva pobre pra te ver como é bom? Nem a data da câmera eles arrumam!!! Santo Deus.)