Calendário

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

10.01.2010 – Domingo

Alguém adivinha como começou o Domingo????????

Nublado tendendo a chuva, mas ah!!!!!!!

começando a me sentir o Chevy Chase em Férias Frustradas (clássico da sessão da tarde).



Mesmo assim com as pobre de POA não tem ruim, é água até murchar as coxas (porque os dedo pra elas é fichinha)!!!!

Abaixo você tem o prazer de presenciar o início de uma nova profissão, patenteada por mamãe, totalmente inovadora: SOMMELIER DOS MARES – agora ela está provando a água de cada praia que nós vamos, controlando a salinidade, o gosto e o nível de coliformes fecais, aproveitando também pra se manter hidratada. A Giulia agora canta pra ela: “Vamo se emboraaaaa, pro MAAAAAAAAAAARRRR!!!!!!!!!! Beber, cair e levantar!! Beber, cair e levantar!!. Beber, cair e levantar!!. Beber, cair e levantar!!”.



A verdade é que ela fala tanto, mais tanto, que até pra furar onda ela quer furar falando. Aí não dá. Triste de ver.

O tempo começou a fechar. Tudo indicava que o Domingo ia pro brejo. Foi aí que o inesperado aconteceu.

Ele apareceu....

Com seu brilho intenso, redondo e cheio de vida.

Você deve estar pensando o Sol chegou. NÂOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!

Foi o Tio Vilson que chegou pra salvar o dia, porque o céu já tava caindo!!!! (Você esqueceu que era uma indiada, e o sol, não foi convidado). Aliás, o Tio Vilson e a Tia Graça são muito gente boa, tudo de bom, melhor impossível.

Fomos ao Espetinho de Ouro no Continente. Fica aqui a dica: Camarão com CatupiryDu Caral... Muito bom!!! Melhor que no BOKAS e com um Buffet de primeira.Vale a pena conferir...

Você deve estar se perguntando por que não tem fotos. Ora. Três e meia da tarde, praia com chuva, uma fome do cão e uma comida maravilhosa. Defequei pra câmera digital (porque Caguei é chulo).


Praia dos Coqueiros


Cheios até os gargumilho, fomos conduzidos pelo tio até a praia de Coqueiros no Continente.

Belo lugar pra tomar uma cerveja (no meu caso uma Coca-light). Cheia de PEDRAS – tem uns parceiro que não iam querer sair de lá – a praia é cheia de charme.







Não se espante com a próxima foto. A foto não é rasteira, nem eu coloquei a máquina no chão. É que quem bateu a foto foi a irmã da Tati, e sabe com é, altura não é com elas. Todas abatumaram naquela casa (seu Giovani tinha a mania de abrir o forno antes de tá pronto).


Você deve estar pensando: “como ele é exagerado, elas nem são tão baixas assim”. Abaixo a prova.

Dei zoom máximo (10X), cheguei mais perto, aproximei, e elas ainda parecem pequeninos duendes na mata. Confesso que às vezes me sinto um AVATAR ao lado delas, quem olha pro carro pensa que eu tô levando quatro crianças pra passear (amanhã chega o Juca, aí vão ser cinco).



Essas eu vou ter que publicar. Você já olhou abaixo e deve estar pensando: “o torto bateu com a cabeça, ou a anestesia fez mal, a operação afetou a cabeça...” afinal, porque eu iria postar duas fotos do meu nariz (praticamente).

A questão é que eu pedi para a minha PERSONALFOTOGRAFEITOREAPAGUEITOR Tabajara pra tirar a minha foto com a bela paisagem ao fundo. Não se iluda, não são duas fotos em seqüência. Ela conseguiu a proeza de tirar duas fotos de DUAS PARADAS DE ÔNIBUS diferentes ao fundo. Óbvio que eu desisti da bendita foto. Dai-me paciência.



Olha como o tempo tava legal!!! (Leva pobre pra te ver como é bom? Nem a data da câmera eles arrumam!!! Santo Deus.)


Nenhum comentário:

Postar um comentário